Archive for fevereiro \09\UTC 2011|Monthly archive page

Castanha-do-Pará! VERDE!

.

fiquei o mes passado inteiro pensando se voltaria a escrever nesse blog…

e pq não?!

Tudo é escrito para que alguém leia…

… a não ser que se escreva por escrever!

e faz sentido: pra que parar de escrever?
=)

e se não há compr0misso, pq nao escrever alguma besteira que possa ser útil?

aí vai ;)

Castanha-do-Pará Verde!

(ouriço da Castanha-do-Pará seco)

A Castanha-do-Pará levou um tapa na orelha, depois de ser rebatizada de “Castanha-do-Brasil”, ou Brazilian Nut.

imagina que você mora no Ceará e sua fruta preferida é o Cajú. Imagina também que voce planta Cajú e sua avó sempre fez doce de cajú e torrou na mão a castanha-de-cajú, pra família comer.

e de repente mudaram o nome do Cajú pra Cash-Fruit!
malditos!!!

pois é… essa injustiça só acontece com os Paraenses!

o nome certo da castanha-do-brasil é CASTANHA-DO-PARÁ!

E o que o brasileiro (que não é do Norte) não sabe é que está sendo enganado!!!

ninguém abaixo do Tocantins sabe o que é a Castanha-do-Pará de verdade!

É sério!

A castanha boa e nova, verde, vai toda pra exportação! um restinho acaba ficando onde se produz…

a castanha que vem para o sul é resto, velha, prestes a estragar. E esse é um dos motivos de pouca gente gostar!
Mas pensa: a quem interessa que a castanha de verdade não seja apreciada dentro do Brasil?! Aos exportadores!!

É uma pena que a gente não explore esse enorme potencial da castanha verde!
Ela deveria ser vendida congelada, a vácuo, ou até mesmo o leite da castanha pasteurizado!
Mas Ninguém conhece!!!

A castanha que se vende nos mercados de são paulo é do ano passado. pode tentar comprar, perto do Natal, pra ver o que acontece: metade das castanhas vem podres! E o gosto é horrivel!

Mas eu tenho sorte (e persistência) de conhecer gente que vai a Belém e que pode trazer, as vezes e quando é época, a Castanha VERDE!
Ela tem a umidade de um côco e um sabor muito delicado! Digno de Chefs de cozinha utilizarem!

Mas elas tb estragam muito rapido! após descascadas, estragam em uma semana! Se colocá-las na geladeira, duram um pouco mais…

Mas aí é que vem a parte Utilidade Pública do post:

Como conservar a Castanha-do-Pará verde

depois que recebi um pacotinho de castanhas verdes descascadas que já estavam quase estragando (algumas emboloradas) e todas com um sabor amargo, decidi recuperá-las!

abaixo vai o meu método que funcionou muito!

– descarte as castanhas que estiverem emboloradas
– lave as castanhas em agua corrente
– ponha num recipiente com tampa e cubra com agua da torneira (tem cloro… acho que funciona melhor, rs)
– coloque uma colher de sobremesa de sal
–  ponha o pote na geladeira
– troque a água com sal a cada dois dias

depois de umas 4 ou 5 trocas de agua, a castanha verde fica perfeita!
ainda tenho na geladeira e está uma delícia!

A castanha verde é muito usada em pratos salgados, como o cabrito em leite de castanha, tucunaré no leite de castanha, em saladas; e em doces, biscoitos e sorvetes e cremes, como o creme de cupuaçu.

E dizem que a castanha é forte combatente de cancer pq tem muito Selênio, algo meio raro em outros alimentos.
Ouvi história que alguns mineradores de diversos países eram obrigados a comer 2 castanhas por dia pra evitar contaminação… vai saber!

Se ficou curioso, vá pra Belém!
ou procure no google pra ver se alguém te manda um pacote por avião! Ouvi dizer que rola!
:)

Ouvindo: Madame Saatan

Já que o Post é sobre o Pará e sua castanha, nada mais certo que postar um CD de uma ótima banda de rock pesado de lá, o Madame Saatan! A mina que canta  e os caras mandam muito! Vale a pena conhecer ;)

(clique na capinha do CD para baixar)

Anúncios