Archive for the ‘blog’ Tag

blogs morreram… youtube?

.

tive uma noticia que deixa qq blogueiro coçando a cabeça: “os blogs chegaram ao fim!”.  Morreram, over, kaput!

Ou seja, nao se “usa” mais blogs…

a fonte é segura, portanto, vivam os moribundos! rs

Pode alguem decretar o fim de alguma coisa tão genérica quanto “escrever”? Afinal um blog, hoje em dia, pode ser resumido a “texto”.

Um tempo atrás fiquei lembrando que os professores da minha época (e outros chatos de plantao) viviam dizendo que a TV emburrece e que, por isso,  ja nao se lia mais como antigamente.

O cenario era terrivel e o abismo estava perto: pessoas nao leem, logo, nao pensam, nao escrevem… babam em frente a TV e absorvem tudo o que é posto ali, passivamente, até o fim dos dias.

Pra piorar, não existia forma melhor de dizer que a humanidade estava perdida: “a historia acabou”, “o livro perdeu”, “o bom cinema acabou com a chegada da TV”, (e, mais tarde, que a pirataria acabaria com a musica…)

mas hj mais livros sao lancados, livrarias estão cheias; é epoca dos iPad e Kindle engatinhando, musica bombando, cinema milionario, TV exportando producao… nao fosse pela tal da internet… ou nao?!

Internet, a propria, que veio para acabar com tudo que existia, deu sobrevida a tudo que estava condenado.
“como assim?”
simples: assim!

“Assim” ela veio, como quem nao quer nada… comecou com Chats como o IRC (hj esquecido), e revolucionou a maneira de se comunicar: telégrafo instantaneo em forma de mural.

Junto com os emails (uma das primeiras invencoes internéticas, que nao tem data para acabar)… são cartas instantaneas que nao faliram os Correios (que devem ganhar muito mais hoje que antigamente…)

Aí alguem pode ter reparado que a criança que estava deixando de ler, agora tem interesse em escrever…
elas se comunicam por Instant Messengers, emails, sites e celulares…

As pessoas escrevem muito mais hoje em dia que a vinte anos atras!
primeiro porque a forma não-linear de escrever com um Word da vida, ou outros editores, facilitou o ato de organizar e transmitir uma ideia.
antes era papel e lapis ou maquina de escrever… (quem?)

Em segundo porque todos tem celular: maquinas de ler e escrever, alem do telefone, claro.
Li em algum lugar que a quantidade de celulares em operacao no Brasil chega a 80% da populacao. Isso quer dizer que praticamente todo brasileiro tem celular.

como hj em dia celular nao é mais telefone movel e sim um pequeno computador, todos estao conectados e lendo/escrevendo.

bom, se todos estao escrevendo e lendo mais, e o blog é o “lugar” onde pessoas escrevem (incluindo aí twitter, foruns, fotologs, e outras redes) como pode alguem decretar que a escrita na internet (blog) pode ter morrido?!

tá, esse assunto é bobo… de que a escrita voltou com tudo, depois do audio e video terem dominado por um certo tempo…

mas, alem de verdade, a revolucao nao para! agora é a vez dos videos comecarem a dar a volta… o Youtube veio tb maroto, como uma coisa engracadinha, mas que ja tem pelo na púbis…

muitos ja usam youtube para pesquisas, para musica, para relacionamento, para estudar… para avaliar um produto, interferir politicamente em algo…

hoje vc ve um muleque que ainda nao é adolescente, ensinando como fazer alguma coisa no youtube.

de aluno ou aprendiz, ele virou professor. O ato de ensinar sempre (alem do de aprender sempre) é a alma da internet. E isso sim tem a ver com a geracao net, a unica que poderia decretar a morte de alguma coisa na Internet.

e pq isso esta acontecendo?

Deve ser porque juntou a ideologia altruista de sempre oferecer um pouco de conhecimento em troca de toda a Babel que existe ao toque de um Google. As pessoas tem necessidade de contribuir… algo como o sucesso da Wikipedia

juntando isso a 10 anos de rede sociais, nas quais o sujeito infla seu ego, se torna popular e é conhecido por mais gente do que mora na sua propria cidade, mais um notebook na mao, que substituiu cameras de video, temos o Youtube.

Mas se voce entrar a fundo no mundo do Youtube, vai perceber que a escrita está la… nao deixa de ser um blog… com usuarios/avatares, seus canais, seus infinitos comentarios, seus fans… e é isso que faz o Youtube crescer cada vez mais… a “plataforma Blog”.

Antes de decretar o fim de uma historia, é preciso checar se existem urubus voando…

:)

e como “escrever nao é preciso, navegar é preciso”, continuo escrevendo e navegando… vendo tv e ouvindo musica sem pagar. e escrevendo nesse morfético blog! :P

e aí vai mais um CD pra ouvir comemorando a morte dos blogs!

ahhh, só por curiosidade… o nome Blog veio de uma juncao de “Web Log”…
e um sujeito, bom de trocadalhos, fez um “blog” chamado We Blog, para brincar com “Web Log”… daih surgiu essa porra que morreu! ;)

OUVINDO: Peter Bjorn & John – Writer’s Block

CD que ficou famoso por ter a “musica do assobio”…

hahahah

que, apesar de todos terem enjoado, é genial!

alias, li em algum lugar que o assobio era provisorio, para marcar onde gravariam um outro instrumento… mas acabou ficando o assobio pq ficou muito “catchy”, como eles dizem no hemisferio norte…

(clique na capinha para baixar o CD Writer’s Block)

nao, nao confundi “Blog” com “Block”….  :P

(nossa, post com mais aspas de todo o mundo, rs)

internet vs(?) eleições

.

lendo as ultimas noticias me dei conta que nao eh apenas detalhe o fato de censurarem o uso da internet para eleicoes de 2010.

claro que eu nao sou bobo (só pareco :P) e a primeira leitura obvia eh que politicos (principalmente congressistas) sao conservadores e tem o medo de perderem espaco para quem realmente sabe se articular com os eleitores pela net… ou seja, politicos de verdade, que representam algum segmento, que vao tomar cadeiras preciosas de gente q ta com a bunda acomodada nas casas legislativas.
afinal, um deputado nada mais eh do a voz de uns 50mil (as vezes muito menos) eleitores que tem opiniao semelhante sobre varios assuntos.

até aih tudo bem, tá claro pra todo mundo: quem sabe usar a net melhor, se da bem… ta  todo mundo com o saco careca de saber. e a campanha de Obama estava la pra aprendermos os prós e contras.

mas estamos numa época em que nao se vai as ruas por alguma coisa, e esse fenomeno eh mundial.
ou nao se empenham o suficiente por preguica, para sair as ruas, ou acham que tem pouca valia.

aih eh que está o perigo…  ve um exemplo:

Brasil acredita que precisa abrir mais 7700 vagas de vereador para as 5565 cidades brasileiras.
isso é absurdo ou só eu to viajando? e tenho certeza que vai passar facilmente no congresso.
o Brasil precisa de melhores vereadores, nao mais vereadores! talvez a internet nao ajude a melhorar esse quadro? tanto na escolha como no acompanhamento do eleito?

ta, mas como se mobilizar contra isso? vamos juntar 100mil nas ruas? entao ta, é só sair 20 pessoas por municipio e ficar gritando na mesma hora?
claro que para haver mobilizacao de pessoas de mais de 5mil lugares diferentes, hj em dia, precisa de uma “ferramenta” para se comunicar e encaminhar alguma coisa… algo como uma tal de internet?

isso vem bem ao caso… porque vc pode se mobilizar pela net atraves de mil “lugares”. o problema é que vc nao vai conseguir encaminhar nada! como assim?

ueh, de que adianta a mobilizacao pela internet se ela nao pode ser usada oficialmente nem extra-oficialmente e nem criticada?
e, pior, nao pode haver engajamento!!!
“como assim?”
nao posso defender que algum programa ou candidato seja bom por algum motivo?! ou que nao possa dizer ao mundo que nao vote em José por outros mil motivos?!

sei que esta fora de contexto (afinal, nao vou colar um milhao de paginas do projeto de lei eleitoral aqui pra ilustrar isso):
“artigo 45 do projeto de lei eleitoral (PLC 141/09) no qual é vedada qualquer opinião sobre candidatos na internet durante as eleições. O texto foi proposto pelos relatores do projeto, os senadores Eduardo Azeredo (PSDB-MG) e Marco Maciel (DEM-PE)”

isso é um absurdo. e aqui ja fica minha indignacao antes que me censurem: jamais votem em Marco Maciel ou no Eduardo Azeredo!
“pow, mas é radical, isso, né Carlos? vc parece eco-bobo do Greenpeace!”
é claro que exagero. mas nesse caso, merece! cara, presta atencao, internet nao é tao ou mais que radio e tv. é muito mais.  não é uma midia engracadinha que vai substituir alguma outra: é VIDA em outro meio! as pessoas vivem pela internet, em alguns casos mais do que fora de casa.

ta, “viver” foi um verbo muito forte que eu usei… elas socializam, as vezes, mais pela internet que na “extranet” iuaheiuheauhe…  ou como dizem, “na vida real” (como se socializar com pessoas reais atraves da internet nao fosse algo irreal)

é claro que um blogueiro, orkuteiro (inclusive twitter) pode sofrer uma ação com pedido de direito de resposta por ter ofendido algum candidato. E isso deve existir! Alguem tem que se responsabilizar pelo que escreve!
Mas temos que ter o direito de escrever opiniao, mesmo que muitas vezes a opiniao nao passe de: “Kassab é um cuzão!” oras, isso é xingamento! e porque estaria censurado? afinal, eu xingo na rua!
o que nao posso é caluniar o filho da puta.
mas só faltava agora as pessoas terem medo de escrever! ja nao se lê muito no Brasil, muito menos escrever… e agora o cidadao vai ter medo de escrever… aih fudeu a porra toda! só falta cortar o rabo e as orelhas e colocar uma coleira.

enfim, os internautas tem que tentar ajudar na discussão: Internet é terra de ninguem ou algo exatamente como o mundo real, onde a calunia, injuria tb existem, assim como a liberdade de expressao, essa sim, mais importante que calunia, com certeza!

e abaixo os novos 7700 vereadores-fantasmas!
:P